Adestrar seu gato é possível!


Adestrar seu gato é possível!

Disciplinar um felino pode ser uma tarefa muito árdua, e vai exigir um grande compromisso para alterar alguns hábitos indesejáveis do seu pet.

Mas calma!! O PetNosso chegou para te ajudar. Por isso, resumimos alguns temas e dicas importantíssimas para melhorar a educação do seu gatinho... Vamos lá PetLover!

Mesmo não sendo muito comum, os bichanos também podem ser adestrados, e isso auxilia muito na convivência entre tutores e pets, já que o bichinho terá uma vida mais disciplinada.

Por que adestrar meu gato?

O adestramento garante que a rotina do felino se torne menos estressante e impede com que ele tenha comportamentos negativos devido a ansiedade, isso auxilia muito para a saúde do pet!

Além disso, o adestramento correto garante uma boa forma de comunicação com ele, onde o pet passa a compreender as necessidades e a expressar seus comportamentos de uma forma natural, em um ambiente saudável.

Como educar seu gatinho

Pode parecer uma missão impossível adestrar seu gato, mas calma... Vai dar tudo certo!
Você só precisa entender que as necessidades para adestramento dos felinos são bem diferentes dos doguinhos. Mas entendendo essa diferença e utilizando a técnica correta a tarefa será concluída com sucesso.

Adestrar gatos não requer uma idade específica. Desde que você conheça os limites do seu pet, qualquer animal pode ser adestrado independentemente de idade, raça ou porte.

Que tal começar com os truques mais simples como ensinar o seu gatinho a sentar? Tente seguir esse passo a passo:

1º Observe com que seu pet se motiva


Pense naquele petisco que ele mais ame e que fique super empolgado para ganhar aquela recompensa. Seria um atum? Um petisco mais industrializado ou natural? Vai depender do paladar do seu pet...

Após decidir qual será a recompensa, é hora de partir para o segundo passo.

2º Atraia a atenção do gatinho

Experimente colocar o petisco na mão, oferecendo para ele e aproxime-a perto do focinho do gato levantando a mão para cima da cabeça do pet, fazendo com que ele olhe para cima. Dessa forma, ele só terá duas opções de comportamento: inclinar o corpo para trás para se sentar ou pular na sua mão para agarrar o petisco. Se ele pular, não foi bem sucedido. Tente recomeçar antes de partir para o terceiro passo.

3º Hora da recompensa

Você repetiu o processo e o gatinho finalmente se sentou? Então é hora de recompensá-lo por esse comportamento com aquele petisco que ele ama! Com o tempo ele vai associar que se ele se sentar ele terá o petisco. Dessa forma, quanto mais você reforçar essas ações, mais rápido o pet vai entender o que você deseja.

Mas e se ele não se interessar pelos comandos?

Pode ser que seu pet não se sinta tão motivado para aprender truques ou alterar alguns comportamentos repentinamente. Mas não se preocupe, não há nada de errado com ele... Seu gatinho só possui uma personalidade bem forte.

O importante é respeitar o tempo do seu bichinho de estimação, continuar entregando bastante carinho e tentar se comunicar com ele, explorando a forma de aprendizado para alterar alguns hábitos indesejáveis como fazer xixi fora da caixinha ou derrubar e arranhar objetos.

Esperamos ter ajudado você a entender melhor o comportamento dos felinos e a importância do adestramento. Até a próxima!

PetNosso, aproximando você do mundo Pet.

Clique aqui e confira todos os planos e coberturas, garantindo mais proteção e segurança para seu pet!

. Cookies

Cookies.

Utilizamos cookies para aprimorar a experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com o nosso Termo de uso e Política de Privacidade.

Permito o uso de cookies para: