Documentos necessários para viagens com pet.


Documentos necessários para viagens com pet.


Viajar com seu animalzinho pode parecer super simples e comum. Mas saiba que não é... E existem algumas regrinhas que você precisa saber para transportar o pet de um lugar para o outro, já que com a ausência de alguns documentos você pode ter que dar meia volta direto para casa com seu bichinho.

Quais documentos são necessários para viajar com o meu animalzinho?

Isso vai depender do tipo de viagem que você pretende fazer. Por exemplo... Se você vai transitar em território nacional, o tutor precisa ter em mãos a carteirinha de vacinação do pet, sempre em dia. E também um atestado de um médico veterinário de confiança, credenciado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária, que possui validade de até cinco dias.

Se a viagem for de carro, fique atento as regras de segurança do pet, ele deve se acomodar no banco traseiro, dentro de sua caixa de transporte ou utilizando o adaptador de cinto de segurança para mascotes.

Para não ser surpreendido com imprevistos que podem vir a acontecer com o seu melhor amigo, é relevante fechar um dos planos do PetNosso para que você tenha atendimento em qualquer clínica veterinária do Brasil.

Viagens intermunicipais e interestaduais

Vai se deslocar de ônibus com o seu melhor amigo?

Então ele deve ser acomodado em uma caixa de transporte adequada para seu tamanho e, para embarcar, deve apresentar o atestado de saúde do pet (aquele que citamos acima, com validade de cinco dias) Mas fique atento se o retorno irá ultrapassar esse período, ok?

Caso ultrapasse, é necessário reavaliar o animalzinho. Ahh... Também é super importante se informar com a empresa quais as regras específicas para o transporte do pet.

E se a viagem for de avião, para o exterior?

Existem diferenças entre companhias quanto às regras de embarque para o pet. Por isso, é necessário se informar com a companhia área escolhida com antecedência.

Por exemplo, se o destino for a Europa, os pets necessitam realizar um exame sorológico para verificar a presença da raiva e só podem embarcar depois de três meses do resultado negativo. Além de ser necessário chipar o animalzinho que deixa o Brasil.

Então já sabe, né? Se você pretende viajar com o seu melhor amigo, se familiarize com as regras de transporte dos animais para não contar com um imprevisto surpresa no meio do caminho.

Esperamos ter ajudado você a entender quais as regras e documentos necessários para aproveitar uma viagem tranquila com o pet. Até a próxima!

PetNosso, aproximando você do mundo Pet.

Clique aqui e confira todos os planos e coberturas, garantindo mais proteção e segurança para seu pet!

. Cookies

Cookies.

Utilizamos cookies para aprimorar a experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com o nosso Termo de uso e Política de Privacidade.

Permito o uso de cookies para: