Adestramento de cães


Adestramento de cães

Adestramento de cães

O amor pelo seu pet é incondicional, né? Mesmo que ele pule nas visitas, suba no sofá ou destrua seus chinelos. Mas já pensou que com uma simples disciplina os maus hábitos do seu melhor amigo poderiam acabar?! Mas como?

Um cão muito arteiro pode estar entediado, sendo estimulado de alguma forma a praticar essas ações ou até mesmo com alguma dor. E esses assuntos já tratamos em nosso blog. Para entender melhor sobre cada um deles, clique aqui.

Saiba que disciplinar um cãozinho proporciona uma melhor convivência com ele e com os demais a sua volta. Mas para que alguns problemas comportamentais não se tornem um empecilho na convivência com o seu pet, você precisa ficar ligado no tema que vamos trabalhar por aqui e treinar isso em casa. Vamos começar!

A partir de quanto tempo posso adestrá-lo?

Saiba que os cãozinhos são super inteligente e dispostos a aprender. Por isso, o ideal é começar trabalhar alguns comportamentos logo nos primeiros meses de vida, que é o seu período de desenvolvimento.

Se o seu pet já não é mais filhote não se desespere, será necessário analisar a capacidade de aprendizagem de cada doguinho e testar diversos comandos e habilidades para que ele possa se adequar e aprendê-los, ok?

Como iniciar o adestramento e dar andamento a ele?

Os ensinamentos vão além de truques bonitinhos, eles reforçam comportamentos positivos e contribuem para o bem-estar do pet. Além de estimular o aprendizado, diminuir a ansiedade e a corrigir comportamentos inadequados. Veja algumas dicas:

1º Defina limites

Impor alguns limites é muito necessário para um adestramento bem sucedido. Por exemplo, use uma voz firme para que o pet entenda que se trata de um comando quando ele aprontar (como subir no sofá ou pular nas visitas).

2º Repita os comandos

Seja persistente, até ele aprender! Tente reservar algum momento do dia para treiná-lo, repetindo as lições até que sejam feitas corretamente.
Mas respeite as necessidades fisiológicas dos bichinhos, ok? Esteja atento para quando ele se sentir cansado, ou com fome. Dessa forma você evita lições muito exaustivas.

3º Reforço positivo

Você já ouviu falar em reforço positivo? Esse é um método de recompensa após cada tarefa realizada com sucesso. Ou seja, se o seu melhor amigo acertou o comando, ofereça um petisco ou brinquedo após a realização e acrescente elogios e carinhos para incentivá-lo e mostrar que ele fez o certo!

Mas, evite exagerar na quantidade de petiscos oferecidos, ok? Dê pedaços pequenos para evitar que ele fique muito cheio e se torne uma distração durante o treino.

Lembre-se que ensinar os cãezinhos requer tempo, dedicação e principalmente muita paciência, mas será um processo gratificante onde seu vínculo ficará ainda mais forte entre você e seu amigo!

Esperamos ter ajudado você a entender melhor o comportamento dos cachorrinhos e a importância do adestramento. Até a próxima!

PetNosso, aproximando você do mundo Pet.

Clique aqui e confira todos os planos e coberturas, garantindo mais proteção e segurança para seu pet!

. Cookies

Cookies.

Utilizamos cookies para aprimorar a experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com o nosso Termo de uso e Política de Privacidade.

Permito o uso de cookies para: